Australis em 5 dias
Exploradores da Patagônia
De Ushuaia a Punta Arenas

Exploradores da Patagônia: A partir de Janeiro de 2018, embarque nesta expedição aventureira de cinco dias e quatro noites que viaja desde Ushuaia (Argentina) até Punta Arenas (Chile), passando por alguns dos lugares mais distantes e incríveis do planeta. Descubra a beleza selvagem da Patagônia em uma viagem que mostrará as intocadas paisagens da região, sua fauna variada e a fascinante história humana, a bordo de um navio de expedição que leva níveis extraordinários de conforto e serviços até o fim do mundo. Deixando para trás as luzes cintilantes de Ushuaia, a embarcação visita lugares lendários, como o Cabo Horn e a Baía Wulaia, para então navegar até o Canal de Beagle. Ao continuar, através de um labirinto de ilhas, visitaremos diversos glaciais, gigantes congelados que abrigam o extremo sul do Arquipélago da Terra do Fogo e logo entraremos no místico Estreito de Magalhães. A última parada é a Ilha Magdalena, destaque pelas barulhentas colônias de pinguins, para posteriormente chegar a Punta Arenas.

Australis em 5 dias: De Ushuaia a Punta Arenas

5 dias 4 noites

Australis em 5 dias: De Ushuaia a Punta Arenas

5 dias 4 noites

De Ushuaia a Punta Arenas

Exploradores da Patagônia: A partir de Janeiro de 2018, embarque nesta expedição aventureira de cinco dias e quatro noites que viaja desde Ushuaia (Argentina) até Punta Arenas (Chile), passando por alguns dos lugares mais distantes e incríveis do planeta. Descubra a beleza selvagem da Patagônia em uma viagem que mostrará as intocadas paisagens da região, sua fauna variada e a fascinante história humana, a bordo de um navio de expedição que leva níveis extraordinários de conforto e serviços até o fim do mundo. Deixando para trás as luzes cintilantes de Ushuaia, a embarcação visita lugares lendários, como o Cabo Horn e a Baía Wulaia, para então navegar até o Canal de Beagle. Ao continuar, através de um labirinto de ilhas, visitaremos diversos glaciais, gigantes congelados que abrigam o extremo sul do Arquipélago da Terra do Fogo e logo entraremos no místico Estreito de Magalhães. A última parada é a Ilha Magdalena, destaque pelas barulhentas colônias de pinguins, para posteriormente chegar a Punta Arenas.

Dia 1 - Ushuaia

Durante as primeiras horas da tarde faremos o check in na cidade de Ushuaia, para depois embarcar-nos numa das naves de expedição de Australis: Via ou Stella. Sairemos desde a cidade mais austral do mundo, Ushuaia, transitando o famoso Canal de Beagle, passando pelo Cabo de Hornos e navegando o Estreito de Magalhães. O Canal de Beagle é um passo marinho originado por diversas etapas do período das glaciações quaternárias, que anos mais tarde foi dominado pelo mar. O seu norte delimitado por Ushuaia, e por seus outros extremos por varias ilhas como as Stewart, O`Brien, Gordon, Navarino e Nueva, entre outras. A região mais meridional do continente Sul-americano que delimita ao norte com a Passagem de Drake, também conhecido como Mar de Hoces, é o renomeado Cabo de Hornos. O Mar mencionado é distinguido por dividir ao continente Americano da Península Antártica. A conhecida passagem que une as duas massas de água mais grandes da Terra (Oceano Pacífico e Atlântico), é o famoso Estreito de Magalhães. Localizado em meio da Ilha Grande de Tierra Del Fuego e varias ilhas do Oceano Pacífico e a Patagônia Chilena, possui uma localização estratégica no limite sul de Sulamerica.

Dia 2 - Cabo de Hornos (Chile) & Bahía Wulaia

Conforme ao nosso percorrido previamente programado, seguiremos navegando pelo Canal de Beagle e o Canal de Murray, para depois tentar desembarcar (se nos acompanha o bom clima durante este dia) e apreciar as belezas naturais do Parque Nacional Cabo de Hornos. Poderemos notar a nossa chegada a este ponto austral, quando nos encontremos com um cerro de mais de 400 metros de altura. Este lugar marca o limite mais distante do conjunto de ilhas fueguinas, que da lugar ao ponto mais austral de Sul América. Também é o ponto que delimita o extremo norte da Passagem de Drake, mar que divide ao continente Americano da Península Antártica. O Parque Nacional localizado no “Fim do Mundo” foi declarado no ano 2005 como Reserva da Biosfera pela UNESCO.

Durante o entardecer, desembarcaremos em Bahia Wulaia, atual lugar arqueológico que em outros tempos deu asilo a uma das mais grandes tribos da região, os Yámanas. Nesta baia o próprio Fitz Roy, quem descobriu o Canal de Beagle, fundou durante a sua segunda expedição a principal missão anglicana, acompanhado pelo famoso naturalista inglês Charles Darwin. Durante o percorrido pela baia teremos a oportunidade de poder valorar a sua excelente flora e geografia. Faremos um trekking pelo bosque magallánico que estará nos esperando com numerosas espécies de florais como lengas, coihues, samambaias, entre outras, para depois chegar a um mirante onde poderemos contemplar uma vista inigualável.

Dia 3 - Glaciares Pia & Garibaldi

Pela manhã, navegaremos pelo Canal de Beagle, mais precisamente a traves do seu braço noroeste com uma finalidade específica: chegar ao fiordo Pia. Logo de ter realizado o desembarque seco caminhamos para um miradouro que nos oferece uma visão perfeita do Glaciar Pia, observando como a língua da geleira cai do topo mergulhando nas águas geladas do canal. O Glaciar Pia é uma geleira que está localizada na Cordilheira Darwin, cujas paredes têm uma cor azul e tem uma altura superior a 300 metros na fronte, e vai se curvando com seus descolamentos para desembocar finalmente no canal.

Dia 4 - Glaciares Piloto e Nena, Seno de Agostini & Glaciar Aguila

Em nossa nova jornada de navegação transitaremos os desertos braços dos canais Brecknock. Ocasión e Cockburn para poder chegar a nosso primeiro destino: Seno Chico. O Passo Brecknock é um canal de breve extensão, mas habitado por consideráveis ondas e correntes visíveis entre suas numerosas ilhas. Deixaremos esta rota para adentrar-nos pelo Passo Cockburn e manter-nos seguros das imensas ondas do precedente canal. Chegaremos finalmente a Seno Chico para poder desembarcar-nos em botes zodiac através do Fiorde Alakaluf. O nome deste fiorde é em honor aos antigos grupos canoeros nômades, que nos últimos centos de anos lograram conformar a etnia Alakaluf também conhecida como Kaweskar. Estes pescadores e caçadores marinhos habitavam os arquipélagos, fiordes e canais circundados pelo Golfo de Penas e a Península de Brecknock. Dirigiremos-nos através de belíssimas cascatas aos esperados Glaciares Piloto e Nena, onde poderemos instruir-nos sobre a origem dos glaciares e da sua reputação sobre a região dos canais patagônicos. Uma das experiências mais memoráveis será o sonido que produze ao transitar pelos fragmentos de gelo desprendidos dos mesmos glaciares. Continuaremos a nossa travessia em direção a Bahia do Glaciar Águila onde aproveitaremos para fazer um trekking suave por sua maravilhosa praia, para depois beirar a sua laguna e poder chegar ao esperado glaciar.

Vamos fazer a navegação através de diferentes canais como Brecknock, Ocasión, Cockburn e Magdalena com o objetivo final de alcançar o Seno De Agostini. Este é um fiorde localizado na região de Magallanes e Antartica territorial chilena, longa e estreita, apresenta paredes muito escarpadas sobre águas profundas. Divide em dois sectores a Cordilheira Darwin, a área montanhosa chamada Navarro está situada a sudoeste e têm a presença predominante de gelos, a Norte a Cordilheira abranje Monte Buckland batizado assim em homenagem ao excepcional explorador italiano Alberto de Agostini. Após meio dia navegaremos rumo ao Glaciar Aguila para realizar um desembarque seco e caminhar ao longo da floresta antártico-patagônica, um lugar extremamente úmido e frio, que nos conduzirá finalmente ao encontro do Glaciar Águila localizado no mesmo Parque Nacional Alberto de Agostini. Vale a pena fazer o trekking neste magestuoso lugar, onde podemos sentir que somos muito pequenos no meio desta fantástica obra da natureza.

Dia 5 - Ilha Magdalena & Punta Arenas

Durante o nosso ultimo dia de navegação nos dirigiremos à Ilha Magdalena para tentar fazer um desembarco quando começa o dia. Este canto natural é distinguido por conformar com o Ilhote Marta o Monumento Natural Los Pingüinos, um dos mais grandes grupos de pingüins da Patagônia Chilena. Outro dos importantes atrativos da Ilha é seu Faro, uma antiga casa faro declarada Monumento Histórico Nacional que serve de guia para aqueles navegantes que atravessam o Estreito de Magalhães.

Faremos um trekking a esta elevada torre iluminada para apreciar os diversos encantos naturais que oferece a região, entre eles a prestigiosa colônia de pingüins magallánicos. Se fizermos esta travessia de expedição durante os meses de Setembro e Abril, substituiremos esta experiência por um descanso na Ilha Marta para deleitar-nos com os lobos marinhos que poderemos observar desde nossas embarcações zodiac. Esta substituição se faz devido a que as colônias de reprodução de pingüins somente permanecem na Ilha desde Outubro até finais do mês de Março de cada ano.

Mapa de Rota

 Australis em 5 dias: De Ushuaia a Punta Arenas

Serviços

Os serviços incluem:
  • Alojamento a bordo do navio durante a viagem
  • Transporte de acordo com itinerário
  • Refeições, incluindo bebidas, cerveja ou vinho
  • Excursões em terra
  • Entretenimento a bordo
Serviços não incluem:
  • Lavanderia
  • Onboard Communications

Temporada 2019-2020

Preço por pessoa em base dupla
4 Noites
Camarotes Promocional Baixa Alta
B 1.565 USD 1.960 USD 2.478 USD
A 2.122 USD 2.620 USD 3.177 USD
AA 2.228 USD 2.731 USD 3.337 USD
AAA 2.289 USD 2.814 USD 3.456 USD
AA SUPERIOR 2.680 USD 3.333 USD 4.067 USD
AAA SUPERIOR 2.850 USD 3.531 USD 4.274 USD
Saídas: M/V Stella Australis & Ventus Australis
Exploradores da Patagônia
SAÍDAS Stella Australis 4 Noites USH-PUQ Ventus Australis 4 Noites USH-PUQ
SETEMBRO 2019
25
OUTUBRO 2019
3
11
19
27
15
23
31
NOVEMBRO 2019
4
12
20
28
8
16
24
DEZEMBRO 2019
6
14
22
30
2
10
18
26
JANEIRO 2020
7
15
23
31
3
11
19
27
FEVEREIRO 2020
8
16
24
4
12
20
28
MARÇO 2020
3
11
19
27
7
15
23
31
ABRIL 2020
4
8

Informações Gerais

Equipamento

Equipamento

Condições

Contrato da Passagem: A aceitação de sua passagem implica um acordo com os termos e condições de Transportes Marítimos Terra Australis S.A. e Transportes Marítimos Via Australis S.A. (de agora em adiante denominadas "companhias") para o transporte de passageiros.

Reservas, Depósitos e Pagamentos: Será requerido um depósito de US$200 por pessoa, para garantir uma reserva tentativa. O pagamento final do saldo deve ser recebido pelas "companhias" 45 dias antes do navio zarpar.

Política de Cancelamento: Serão aplicadas as multas abaixo no caso de anulação de reserva tão logo as "companhias" recebam a notificação da mesma por escrito:

Notificações
Notificação Multa
120 Dias ou mais antes do navio zarpar US$ 0
Entre 119 e 60 Dias antes do navio zarpar US$ 300 (depósito)
Entre 59 e 50 Dias antes do navio zarpar 25% do valor da venda
Entre 49 e 40 Dias antes do navio zarpar 50% do valor da venda
Entre 39 e 30 Dias antes do navio zarpar 75% do valor da venda
Entre 29 e 0 Dias antes do navio zarpar 100% do valor da venda

Política de Crianças:

  • Crianças de 0 a 3 anos estão liberadas, compartindo a cama com seus pais
  • Crianças de 4 a 12 anos têm um 50% de desconto, compartindo a cabina com um adulto

Tarifar e Saídas: As "companhias" se reservam o direito de modificar as tarifas e datas de saídas publicadas no folheto, sem prévio aviso.

Condições de Cruzeiro: As tarifas incluem acomodações, transporte marítimo, todas as refeições, bar aberto no horário habilitado (sem custo em vinhos, bebidas e licores), excursões em terra e recreação a bordo. Não estão incluídos Tours opcionais nem traslados em portos.

Formas de Pagamento: O pagamento pode ser realizado com os seguintes cartões de crédito: Mastercard, Visa, American Express ou Diners. Também aceitamos transferências bancárias.

Vestuário Requerido: É necessário calçado para trekking ou botas de excursão para todos os passageiros.


Contate-nos Reservar Baixar PDF