Aprendendo a dançar Tango em Buenos Aires

Esse programa oferece conhecer a Cidade de Buenos Aires desde a ótica do Tango, já que não só propõe o aprendizado da dança em diversas aulas – tanto para principiantes como para avançados, senão, que percorreremos os rincões que o tango portenho nos oferece, desde milongas portenhas à noite, um dia dedicado ao tango, um jantar com show em um dos melhores restaurantes da cidade até visitar a Feira de San Telmo, um bairro muito ligado ao Tango e, também, conhecer o antigo Café Tortoni, um emblema da cidade.

Aprendendo a dançar Tango em Buenos Aires

9 dias - 8 noites

Itinerário dedicado ao Tango, conhecendo Buenos Aires desde sua música típica e sua dança. Aprendemos a dançar Tango, percorremos as milongas portenhas, desfrutamos de um Jantar com Show de Tango.

Aprendendo a dançar Tango em Buenos Aires

9 dias - 8 noites

  • Alojamento Quartos Duplos com café da manhã
  • Transfer Privado IN OUT APT/HTL/APT
  • Excursões regulares com guia espanhol inglês
  • Classes Grupales e Privadas de Tango
  • Coordenação Permanente
  • Guia de espanhol bilíngüe inglês

Dia 1 - Chegada em Buenos Aires

Recepção no Aeroporto Internacional de Ezeiza (Ministro Pistarini) e traslado ao hotel da Cidade de Buenos Aires.

Dia 2 - Passeio Privado pela Cidade de Buenos Aires - Primeira classe de tango.

Café-da-manhã no Hotel. Começaremos nosso tour visitando os bairros mais clássicos da Cidade de Buenos Aires para descobrir sua magnífica arquitetura, onde poderemos ver antigas construções coloniais e palácios de estilo francês e art-decó, que convivem com arranha-céus super modernos. Percorreremos lugares como a Praça de Maio, a Catedral Metropolitana, o emblemático Teatro Colón, o monumento mais conhecido da cidade, o Obelisco, a avenida Roque Saenz Peña até chegar à Praça de Maio, lugar fundacional da cidade. A Praça de Maio alberga, em seu perímetro, a Casa Rosada, o Cabildo e a Catedral, onde se encontra o mausoléu a Don José de San Martín, Pai da Pátria.

Descobriremos bairros como San Telmo que foi habitado pela primeira aristocracia de Buenos Aires e que se mudou à zona norte (Recoleta) devido à epidemia de febre amarela, no final do século XIX. Visitaremos La Boca, um dos bairros mais pitorescos e com espírito proletário, que dá testemunho da grande influência da imigração italiana de classe operária que marcou Buenos Aires. Veremos Caminito e a galeria dos artesãos, além de caminhar pelo porto.

Seguiremos por Puerto Madero, um novo bairro portenho de grande categoria e segurança máxima localizado na antiga Costanera Sur, depois, visitaremos o bairrro Palermo para conhecer seus bosques legendários, onde as pessoas realizam exercícios ou descansam, com seus monumentos tradicionais como o Planetário, Galileo Galilei ou a Carta Magna. También iremos ao bairro de maior elite de Buenos Aires, a Recoleta, onde se encontra o Museu de Belas Artes, a Igreja de Nossa Senhora do Pilar e o Cemitério, localizado na zona da Praça França; aos domingos os artesãos exibem seus desenhos e as pessoas aproveitam para tomar sol nas belas praças. Em Palermo Chico, bairro residencial exclusivo de Buenos Aires, descobriremos palácios de luxo com estilo francês e desfrutaremos dos parques que o paisagista francês Thays desenhou com um toque que os tornam diferentes dos outros.

À tarde começamos a primeiro classe de tango.

Dia 3 - Buenos Aires - Segunda classe de Tango

Café-da-manhã no Hotel. Manhã livre. À tarde, teremos nossa segunda aula de tango.

Café-da-manhã no Hotel. Viajaremos pela história do Tango, com suas orígens de subúrbio. Começaremos nos subúrbios da velha Buenos Aires, onde se limitava com o campo. Depois, iremos a um bordel clássico de La Boca, onde o tango começou a ser popular. Seguiremos pela Calle Corrientes, o Palais de Glace, onde a aristocracia se iniciou no tango e foi a autora de introduzir o baile na Europa. Terminaremos no Abasto, na casa onde viveu Carlos Gardel.

Dia 4 - Dia de Tango e Jantar Show de Tango na noite portenha - Terceira classe de Tango

À tarde, teremos nossa terceira classe de tango.

À noite, desfrutaremos de um Jantar e Show de Tango em uma das melhores casas de Tango de Buenos Aires (Homero Manzi / Complejo Tango / Señor Tango / La Esquina de Carlos Gardel / Madero Tango).

O tango tem um encanto especial fora do comum: desde Helsinki ou Tóquio, pessoas que jamais tinham vindo à Argentina são seduzidas por sua mística e sensualidade. Outros, são cativados pela música. Esse passeio original traça um paralelo entre a história da cidade e a história do tango, viajando no tempo pelas diferentes etapas de seu desenvolvimento, desde o berço nos subúrbios, passando por seu consagrado passo pela Avenida Corrientes até sua posterior e definitiva internacionalização.

Dia 5 - Cafés em Buenos Aires - Quarta classe de Tango

Café-da-manhã no Hotel. Manhã livre. À tarde, teremos nossa quarta aula de tango.

Cafés de Buenos Aires - Opcionais

A idiossincrasia portenha é definida no culto à amizade que é apregoada pelos portenhos. Os encontros com amigos sempre foram feitos nas clássicas cafeterias da cidade. Definidas como um lugar de reunião por excelência têm sido, historicamente, o lugar de encontro de artistas e intelectuais. Em 1998, o Governo da Cidade de Buenos Aires promulgou uma lei cujo objetivo foi a proteção e a promoção das Cafeterias Notáveis de Buenos Aires. Descubriremos quatro pontos de encontro clássicos da vida portenha: começamos pelo centro histórico da cidade, perto da Praça de Maio, em La Puerto Rico, lugar de muitos escritores como Paul Groussac, Arturo Capdevila e Rafael Obligado.

Em La Puerto Rico foram gravadas algumas cenas do filme Las cosas del querer II. Depois, iremos à London City, uma cafeteria que Julio Cortázar costumava frequentar. Nosso passeio inclui as cafeterias portenhas do bairro San Telmo, para conhecer o Bar Dorrego que fica na rua Defensa esquina com Humberto Primo. Desfrutaremos de um clima colonial do leste clássico, pitoresco e antigo bairro da Cidade de Buenos Aires. Terminamos nossa caminhada no bairro de Almagro. Na esquina das Avenidas Rivadavia e Medrano se encontra a histórica e refinada confeitaria Las Violetas, que data de 1884. Suas finas mesas foram frequentadas por escritores do nível de Roberto Arlt ou de Alfonsina Storni. Um detalhe que marca o luxo de outras épocas são os 80 metros quadrados de vitrais.

Dia 6 - Passeio noturno por milongas portenhas – Quinta classe de Tango

Café da manhã no Hotel. Manhã livre. À tarde, continuaremos com nossa quinta aula de tango. À noite, faremos um tour pelas milongas portenhas. Apesar de ser bem portenho, o tango tem sido generalizado nos últimos tempos, chegando ao mundo inteiro. Os jovens têm feito uma mudança no Tango, revitalizando-o em um itinerário formado pelas milongas. Trata-se de lugares noturnos preparados para essa atividade, que recebe pessoas de diferentes idades e níveis sociais, e que se reúnem para dançar até de madrugada um tango genuíno, que não tem nada a ver com os show mais comerciais. Cada milonga tem seu estilo próprio de baile e de público; iremos a dois deles para nos internarmos na noite tanguera.

Dia 7 - Buenos Aires - Sexta classe de Tango

Café-da-manhã no Hotel. Manhã livre. À tarde, teremos nossa sexta classe de tango.

Dia 8 - Feira de San Telmo & Café Tortoni - Sétima classe de tango

Café da manhã no Hotel. Visitamos a Feira do emblemático bairro San Telmo e depois iremos ao Café Tortoni, dois íconos verdadeiros de Buenos Aires. O Café Tortoni, apesar do nome de origem italiano, foi criado por um francês e está na Av. de Maio, rua colonizada por imigrantes espanhóis. É uma verdadeira síntese do homem de Buenos Aires. Nesse passeio visitamos a tradicional feira de San Telmo e tomamos um aperitivo no tradicional Tortoni, revivendo os velhos tempos portenhos.

Começamos a excursão por San Telmo, um dos bairros mais antigos de Buenos Aires: a aristocracia viveu lá até 1871 até a chegada da epidemia da febre amarela, se bem a imigração também os influenciou a abandonar o bairro. Desde 1970, artistas e intelectuais foram se assentando em San Telmo e esse bairro cresceu notavelmente. Seu rico patrimônio arquitetônico, mistura de ruazinhas de paralelepípedos com casas de estilo colonial e francês, e mais a vida boêmia, dão a San Telmo uma personalidade respeitada. Na Feira de San Telmo podemos encontrar obras de arte e antiguidades desde livros e fotos, roupas velhas e brinquedos de antigamente, que formam um laço com o passado e nos permitirão descobrir como se vivia nos tempos coloniais.

Nota: esse tour é realizado exclusivamente aos domingos. Caso não coincida com um dia de domingo, faremos a mesma excursão, porém, sem visitar a Feira de San Telmo, já que a mesma só abre nesse dia.

Dia 9 - Buenos Aires

Café da manhã no Hotel. Traslado ao Aeroporto Internacional de Ezeiza. Fim dos serviços.


Contate-nos Reservar Baixar PDF